Prazo de atendimento em convênios médicos privados

Este artigo vai tratar sobre os prazos dos convênios médicos particulares, porém, para entender alguns pontos, vamos falar antes sobre a saúde pública.

O Brasil, diferentemente de alguns países como os Estados Unidos, oferece à população um Sistema Único de Saúde.

Entretanto, mesmo aparentando gratuidade, este serviço de plano coletivo é fruto de muitos impostos.

Infelizmente, mesmo com um orçamento bilionário, na casa dos R$130 bi, a prestação de serviço de saúde pública individual e familiar está aquém do esperado.

As notícias sobre falta de medicamentos, enormes filas de esperas em redes credenciadas e postos de saúde são constante no jornais.

 + Conheça os Melhores Hospitais credenciados nos melhores planos de São Paulo 

Além disso há outro fator tão desesperador quanto estes – O tempo de espera para exames e retorno médico.

A fila de espera para exames simples pode ultrapassar três meses, chegando até um ano de aguardo.

Infelizmente, o avanço de doenças pré existentes não vai parar para aguardar o SUS.

 + Leia o artigo do Endocrinologista e Nutrólogo Dr. Daniel Santiago para entender quais são os exames primordiais para o homem e para a mulher

 

 

Em dúvida sobre qual tipo de convênio é o melhor para você?

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

 

E sobre o Convênio Médico Privado…

Em contrapartida a saúde privada no Brasil tem muito a comemorar.

Nos últimos dez anos, a aquisição de planos de saúde (desde de plano odontológico e planos individuais até plano coletivo por adesão e plano de saúde empresarial) vem crescendo.

Em Dez/2008 o número de beneficiários era de 41.468.019 e pulou para 47.377.920. 

Esse aumento de pessoas procurando cada vez mais por um plano de saúde se deve:

  • Às facilidades disponibilizadas pelo convênios médicos
  • A carência de um bom acompanhamento médico no Sistema Único de Saúde.

Saúde envolve urgência.

Exatamente isso, saúde envolve urgência.

Por isso trouxemos neste artigo alguns pontos importantes sobre prazos, em destaque no portal da ANS ( Agência Nacional de Saúde).

O primeiro ponto é que existe um tempo de carência, após esse período o beneficiário terá direito conforme segmentação do plano (se odontológico ou médico-hospitalar; se ambulatorial ou hospitalar com ou sem obstetrícia; se referência).

E este atendimento deverá ocorrer dentro dos prazos de carências estipulados.

+ Leia também: 10 dicas para escolher o melhor convênio médico

Serviços X Prazo de carências (em dias úteis)

  • Consulta básica – pediatria, clínica médica, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia – 07 (sete dias)
  • Demais especialidades – 14 (catorze dias)
  • Consulta com fonoaudiólogo – 10 (dez dias)
  • Sessão com nutricionista – 10 (dez dias)
  • Agendamento com psicólogo – 10 (dez dias)
  • Sessão com terapeuta ocupacional – 10 (dez dias)
  • Procedimentos com fisioterapeuta – 10 (dez dias)
  • Consulta e procedimentos realizados em consultório/ clínica com cirurgião-dentista – 07 (sete dias)
  • Serviços de diagnóstico por laboratório de análises clínicas em regime ambulatorial – 03 (três dias)
  • Demais serviços de diagnóstico e terapia em regime ambulatorial – 10 (dez dias)
  • Procedimentos de alta complexidade (PAC) – 21 (vinte e um dias)
  • Atendimento em regimento hospital-dia – 10 (dez dias)
  • tendimento em regime de internação eletiva – 21 (vinte e um dias)
  • Urgência e emergência – Imediato
  • Consulta de retorno – A critério do profissional responsável pelo atendimento.

 

Vamos ajudar você a escolher o Melhor Convênio Médico.

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

 

Como ser atendido dentro do prazo?

Para ser atendido dentro dos prazos você deverá ter cumprido os períodos de carência previstos em seu contrato.

Sabemos também que em alguns casos extremos, os prazos podem ser desrespeitados. Entretanto ainda no site da ANS você encontra o que fazer para ter esse direito respeitado.

Após entrar em contato com médicos e estabelecimentos de saúde credenciados e não conseguir marcar o procedimento dentro do prazo máximo previsto em lei.

Você deverá entrar em contato com operadora do seu plano de saúde para obter uma alternativa para o atendimento solicitado.

Você deverá solicitar o número de protocolo deste contato feito com a operadora como comprovante da solicitação e guardar a data deste contato.

Se a operadora do plano de saúde não garantir o atendimento no prazo estabelecido. Você deverá fazer a denúncia à ANS por meio de um dos nossos canais de relacionamento.

É importante ter em mãos o número e a data do protocolo do contato com a operadora.

Ter essas informações de maneira clara será o diferencial para o melhor aproveitamento de seu convênio médico.

Se você ainda não tem um convênio médico. Entre em contato conosco e descubra as facilidades de se ter acesso aos melhores convênios médicos.