Você conhece as novas regras de portabilidade?

Dia 03 de junho entrou em vigor as novas regras de portabilidade de carências dos planos de saúde determinadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Os mais beneficiados com as novas regras são sem dúvidas os beneficiários de planos coletivos empresariais que a partir de agora também poderão mudar de plano ou de operadora sem cumprir carência.

+ Conheça os tipos de convênios médicos: individual, familiar, adesão e odontológico

Rogério Scarabel – diretor de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, explica que a concessão do benefício para quem tem planos empresariais era uma demanda importante na agenda regulatória.

“Os planos empresariais representam quase 70% do mercado e dispõem da mesma cobertura assistencial dos demais planos. A portabilidade de carências passa a ser um direito efetivo de todo consumidor de planos de saúde e vai ser mais representativa no mercado”, pontuou Rogério Scarabel.


Em dúvida sobre qual tipo de convênio é o melhor para você?

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

Beneficiários de planos empresariais que foram demitidos também ganham com as novas regras.

Hoje, quando um empregado deixa a empresa ou se aposenta, há normas que legislam sobre sua permanência no plano mediante a contribuição.

Mas a portabilidade agora amplia o direito desse beneficiário, que pode escolher outro produto tendo respaldada sua cobertura sem carência.

Além disso, a chamada “janela” (prazo para exercer a troca) deixa de existir, assim como a necessidade de compatibilidade de cobertura entre planos.

Por exemplo, o beneficiário que possui um plano ambulatorial poderá fazer portabilidade para um plano ambulatorial + hospitalar.

A exigência que se mantém é a de compatibilidade de preços (valor da mensalidade).

Dessa maneira o consumidor cumpre carência apenas para os serviços extras. A norma foi aprovada pela ANS em dezembro.

+ Acesse a Resolução Normativa nº 438

As novas regras permitem aumentar a cobertura do plano, mas mantêm a exigência de compatibilidade de preço na maior parte dos casos.

+ Conheça os melhores hospitais de São Paulo

Para realizar a portabilidade de carências, o beneficiário deve consultar os planos compatíveis com o atual.

É possível consultar os planos compatíveis por meio do Guia ANS de Planos de Saúde, ferramenta disponível na página da Agência.

A ANS preparou também uma cartilha de portabilidade de carências com informações importantes sobre o tema, para orientar os consumidores sobre esclarecimentos de prazos e critérios e documentos exigidos para realização da portabilidade.

Vamos ajudar você a escolher o Melhor Convênio Médico?

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

 

Prazos mínimos de permanência

Os prazos de permanência para a realização da portabilidade continuam os mesmos.

São exigidos mínimo de dois anos de permanência no plano de origem para solicitar a primeira portabilidade e mínimo de um ano para a realização de novas portabilidades.

+ Como saber se a operadora de saúde escolhida é confiável?
+Os 5 Melhores Convênios Médicos
+10 dicas para escolher os melhores convênios médicos

O que é necessário para ter direito à portabilidade?

  • Manter o vínculo ativo com o plano atual
  • Estar em dia com os pagamentos junto à operadora
  • Ter cumprido o prazo de permanência exigido pelo plano.
  • Que o novo plano tenha faixa de preço igual ou inferior ao antigo, com exceção dos casos de portabilidade especial, planos empresariais e pós-pagamento.

+ Prazo de atendimento em convênios médicos privados

MAIS INFORMAÇÕES VOCÊ PODE OBTER NO SITE DA ANS – AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR

[INFOGRÁFICO] Como funciona o atendimento de urgência/emergência?

Uma das grandes perguntas que as pessoas têm no momento de fechar um plano é sobre o que cada tipo de Plano de Saúde cobre e como eles podem contar com cada tipo de Plano nos momentos inesperados como urgências e emergências.

Temos uma série de artigos que vão te ajudar a escolher o melhor convênio médico:

Os 5 Melhores Convênios Médicos
+ 10 dicas para escolher os melhores convênios médicos
Como saber se a operadora de saúde escolhida é confiável?

Além disso em nosso site você encontra dicas de saúde, dicas de exames necessários e preventivos e os melhores hospitais do Brasil.

Entretanto nosso objetivo com este artigo é responder  como funciona o atendimento de urgência/emergência de maneira simples e para isso preparamos o infográfico que segue abaixo:

Para saber mais sobre Planos de Saúde, entre em contato conosco

 

Como saber se a operadora de saúde escolhida é confiável?

Essa é uma dúvida que assombra a maioria das pessoas, tanto jurídica como física, no momento de escolher um plano de saúde.

Entretanto o que poucos sabem é que é possível acabar com esse temor com apenas alguns cliques.

No portal da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) você encontra a página Informações e Avaliações de Operadoras. 

Nesse acervo é possível consultar dados e Planos de Operadoras, acompanhar o monitoramento da garantia de atendimento, conferir o desempenho de uma empresa de Plano de Saúde através do Programa de Qualificação de Operadoras.

Além de conhecer em que posição no ranking de reclamação sua operadora se encontra.

Em dúvida sobre qual tipo de convênio é o melhor para você?

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

 

Avaliação de Desempenho das operadoras

A avaliação de desempenho das operadoras é realizada através do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS), calculado a partir de indicadores definidos pela própria Agência. É uma avaliação retroativa, referente ao ano anterior ao da divulgação.O IDSS – Índice de Desempenho da Saúde Suplementar, varia de zero a um (0 a 1) e cada operadora recebe uma nota que a enquadrará em uma faixa de avaliação por ordem crescente de desempenho: Onde zero é a pior nota e 1 é a melhor. + Leia o artigo do Endocrinologista e Nutrólogo Dr. Daniel Santiago para entender quais são os exames primordiais para o homem e para a mulher 

Como o IDSS é calculado?

Este índice teve algumas formas diferentes de calculo ao longo dos anos, entretanto a forma vigente desde 2017 onde os indicadores e dimensões foram novamente revisitados são estas:+ Leia nossas Dicas de Saúde e decida permanecer saudável!+ Veja mais sobre Exames Preventivos 

IDQS – Qualidade em atenção à saúde:

Avaliação do conjunto de ações em saúde, como: promoção, prevenção e assistência à saúde prestada, que contribuem para o atendimento das necessidades de saúde dos beneficiários.Seu peso de calculo é 30% e para se chegar na média final é necessário pontuar nos seguintes conceitos: 
  • Número de Consultas Médicas Ambulatoriais selecionadas por beneficiário com 60 anos ou mais;
  • Participação em Projetos de Indução da Qualidade da ANS – Pontuação Base (Participação do Plano de Saúde em Projetos de Qualidade);
  • Programa de Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças – Bônus (Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças dos Clientes);
  • Proporção de Parto Cesáreo (Estímulo ao Parto Normal);
  • Proporção de Procedimentos Preventivos em Saúde Bucal;
  • Taxa de Citopatologia Cérvico-Vaginal Oncótica (Preventivo de Câncer de Colo do Útero);
  • Taxa de Internação por Fratura de Fêmur em Idosos (Fratura em idosos);
  • Taxa de Mamografia.
 + Conheça os prazos de Atendimento dos Convênios Médicos Particulares 

Vamos ajudar você a escolher o Melhor Convênio Médico?

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

 

IDGA – Garantia de acesso:

Condições relacionadas à presença da rede assistencial no território nacional. Possibilidade de garantia de acesso, abrangendo a oferta de rede de prestadores.
Seu peso de calculo é igualmente 30% nos seguintes termos:

  • Dispersão da Rede Assistencial Hospitalar;
  • Dispersão de Procedimentos e Serviços Básicos de Saúde;
  • Dispersão de Serviços de Urgência e Emergência 24 horas;
  • Número de Consultas Médicas Ambulatoriais por Beneficiário;
  • Número de Consultas Odontológicas Iniciais por Beneficiário;
  • Posicionamento no acompanhamento e avaliação da garantia de atendimento;
  • Proporção de Próteses Odontológicas Unitárias;
  • Taxa de Internação Hospitalar.

IDSM – Sustentabilidade no mercado:

Monitoramento da sustentabilidade da operadora, considerando seu equilíbrio econômico-financeiro, passando pela satisfação do beneficiário e compromissos com prestadores.
Seu peso de calculo semelhantes aos 2 anteriores é de 30%, onde os conceitos analisados são: 

  • Disponibilidade Financeira;
  • Índice de Recursos Próprios (Solidez do seu Plano de Saúde);
  • Taxa de Fiscalização;
  • Taxa de Resolutividade de Notificação de Intermediação Preliminar (Resolução de Queixas do Cliente)

IDGR – Gestão de processos e regulação:

Entre outros indicadores, essa dimensão afere o cumprimento das obrigações técnicas e cadastrais das operadoras junto à ANS.
Seu peso de calculo é 10% e abrange os seguintes termos:

  • Índice composto de Qualidade Cadastral (SIB) (Qualidade dos Dados de Cadastro do Cliente);
  • Índice de Efetivo Pagamento do Ressarcimento ao SUS;
  • Índice de regularidade de envio dos sistemas de informação;
  • Participação no Programa de Operadora Acreditada;
  • Qualidade da Informação em Saúde Enviada para a ANS

Agora que você conhece como o IDSS é calculado, vamos finalmente conhecer as 5 melhores operadoras de saúde do mercado.

Os 5 Melhores Convênios Médicos

Quando pensamos em cuidados com a saúde sempre nos vem a mente o plano de contratar um convênio médico. Entretanto, a oferta de operadoras de saúde é bem grande e por isso é preciso escolher com cuidado para sempre optar pela melhor.

Com a finalidade de te fornecer números reais e te ajudar nesse processo de escolha realizamos uma pesquisa no próprio site da ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar, nos Dados do Programa de Qualificação de Operadoras.

Como saber se a operadora de saúde é confiável?

Como funciona o Programa de qualificação de Operadoras?

O Programa de Qualificação de Operadoras da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) foi iniciado em 2004 e reestruturado em 2015.

O objetivo da revisão foi promover a melhoria contínua do programa, de acordo com as novas regras e práticas do setor suplementar de saúde.

Em dúvida sobre qual tipo de convênio é o melhor para você?

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

 

Avaliação de Desempenho das operadoras

A avaliação de desempenho das operadoras é realizada através do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS), calculado a partir de indicadores definidos pela própria Agência. É uma avaliação retroativa, referente ao ano anterior ao da divulgação.

O IDSS – Índice de Desempenho da Saúde Suplementar, varia de zero a um (0 a 1) e cada operadora recebe uma nota que a enquadrará em uma faixa de avaliação por ordem crescente de desempenho: Onde zero é a pior nota e 1 é a melhor.

 + Leia o artigo do Endocrinologista e Nutrólogo Dr. Daniel Santiago para entender quais são os exames primordiais para o homem e para a mulher 

Como o IDSS é calculado?

Este índice teve algumas formas diferentes de calculo ao longo dos anos, entretanto a forma vigente desde 2017 onde os indicadores e dimensões foram novamente revisitados são estas

IDQS – Qualidade em atenção à saúde: 

Avaliação do conjunto de ações em saúde, como: promoção, prevenção e assistência à saúde prestada, que contribuem para o atendimento das necessidades de saúde dos beneficiários.
Seu peso de calculo é 30%

IDGA – Garantia de acesso: 

Condições relacionadas à presença da rede assistencial no território nacional. Possibilidade de garantia de acesso, abrangendo a oferta de rede de prestadores.
Seu peso de calculo é 30%

IDSM – Sustentabilidade no mercado: 

Monitoramento da sustentabilidade da operadora, considerando seu equilíbrio econômico-financeiro, passando pela satisfação do beneficiário e compromissos com prestadores.
Seu peso de calculo é 30%

IDGR – Gestão de processos e regulação:

Entre outros indicadores, essa dimensão afere o cumprimento das obrigações técnicas e cadastrais das operadoras junto à ANS.
Seu peso de calculo é 10%

Agora que você conhece como o IDSS é calculado, vamos finalmente conhecer as 5 melhores operadoras do mercado

+ Se você é empresário, gestor ou líder, leia nossos artigos de Dicas de Saúde para o Ambiente Corporativo

5 Melhores operadoras de Saúde segundo o IDSS da ANS

As operadoras apresentadas aqui, como dito anteriormente, são o resultado de pesquisa realizada juntos ao site ANS que tem monitorado e calculado a qualidade do serviço prestado pelas operadoras de saúde.

Vamos começar em ordem decrescente, da quinta posição até a primeira. Ou seja, das operadoras que obtiveram uma pontuação menor até a que pontuou melhor. Lembrando que estamos falando das cinco melhores.

 + Saúde Brasil: informações sobre o que você tem  direito nos primeiro 30 dias de aquisição do plano de saúde

Posição 5 – NOTRE DAME INTERMÉDICA SAÚDE

A operadora de saúde Notredame Intermédica teve um IDSS de 0.74

Mesmo configurando na pontuação mais baixa entre as cinco operadoras de plano de saúde a Notredame obteve nota máxima no IDQS – Índice de Qualidade em Atenção à Saúde, esta pontuação inegavelmente comprova o compromisso da Notredame Intermédica com a promoção de ações que resultem em prevenção e assistência saúde.

Os índices que derrubaram a pontuação da Notredame foram o IDGA (Garantia a Acesso) e o IDGR (Gestão de processos e regulação), ambos com 0,64 e 0,47 respectivamente.

Um IDGA baixo pode ter como consequência falta de locais de atendimento próximo a sua área domiciliar, por isso vale a pena pesquisar antes de fechar.

+ Conheça os prazos de Atendimento dos Convênios Médicos Particulares

Posição 4: SUL AMÉRICA SERVIÇOS DE SAÚDE

A Operadora de Saúde Sulamérica pontuou um IDSS de 0,75

Diferentemente da Notredame a Sulamérica teve um excelente pontuação no IDGR – 0,9655, acompanhada de um IDSM 0,94 – demonstrando o quanto a empresa tem equilíbrio econômico-financeiro e possui a satisfação do beneficiário.

No IDGA (Garantia a Acesso) a operadora pontuou razoavelmente bem – 0,74, entretanto foi minada para baixo pelo IDSM de 0,39.

 

Vamos ajudar você a escolher o Melhor Convênio Médico?

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

 Posição 3: CENTRAL NACIONAL UNIMED

A maior cooperativa de médico do Brasil e líder em share of mind (lembrança da marca) é a nossa medalha de bronze entre as melhores operadoras de plano de saúde, com um IDSS de 0,82.

Dentre os índices calculados, a Unimed obteve excelentes números, entre eles a nota máxima – 1 em IDGR, seguindo pela nota de 0,89 no índice de qualidade em atenção à saúde.

Sua nota mais baixa foi de 0,6987 em IDSM. Em IDGA a Unimed pontuou 0,70.

+ Conheça a diferença de cada um dos planosplano odontológico, planos individuais, plano coletivo por adesão e plano de saúde empresarial.

Posição 2: AMIL ASSISTÊNCIA MÉDICA INTERNACIONAL

Chegamos na nossa medalha de prata, a AMIL. Seu IDSS foi de 0,87

As notas da Amil são excelentes, para que tenha uma ideia clara disso, vamos te apresentar a menor nota – 0,71 em IDGA.

Todo os índices restantes obtiveram pontuação acima de 0,86. No IDGR sua nota chegou a 0,92 e além disso no IDGA a Amil obteve nota máxima 1.
Um feito totalmente incrível!

+ Leia nossas Dicas de Saúde e decida permanecer saudável!

+ Veja mais sobre Exames Preventivos

Finalmente posição 1: BRADESCO SAÚDE 

Finalmente nossa medalha de ouro, a operadora de seguro saúde Bradesco, que obteve um nota de IDSS de 0,89.

O Bradesco assim como a Amil pontuou muito bem em todos os índices.

Semelhantemente obteve nota máxima de um índice, o IDGR, seguido de um IDQS de 0,99 – bem como um IDSM de 0,86, o que com efeito demonstra a qualidade do serviço prestado pelo Bradesco bem como a qualidade percebida por seus clientes.

O menor indice do bradesco foi de 0,73 no IDGA, entretanto se comparado a outras opções esse número ainda é excelente.


10 dicas para escolher os melhores convênios médicos

Antes de entrar nas dez dicas para escolher o melhor convênio médico, quero me deter com você em uma área que é anterior a isso.

A área financeira. É obvio que toda pessoa tem como padrão em sua mente que o melhor e mais adequado convênio médico é aquele que consegue unir qualidade e custo baixo.

O problema é que muitos quando iniciam suas pesquisas não se preparam financeiramente para a aquisição de um plano de saúde.

Por isso nossa primeira dica, e esta dica é um plus, pois não está entre as 10 dicas que daremos é: Avalie sua realidade financeira.

Em seguida, corte os custos: Peça para a sua Família ajudar na economia de casa e a guardar dinheiro para proteger o que é mais importante – a sua saúde e a de sua família. Muitas pessoas esquecem que sem saúde é impossível alcançar sonhos, startar projetos e até mesmo finalizá-los.

Os convênios médicos dão a possibilidade para as pessoas se anteciparem a doença, ou seja, não precisamos esperar a doença chegar a um grau de risco de morte para tratá-la.

Ao passo que com o convênio médico você pode encontrar os melhores especialistas com o objetivo de te ajudar a manter os índices de saúde através de consultas e exames especializados.

 + Leia o artigo do Endocrinologista e Nutrólogo Dr. Daniel Santiago para entender quais são os exames primordiais para o homem e para a mulher 

Não fique sem convênio médico, aliás não precisa ser o mais caro, partindo do pressuposto de qualidade x custos, há várias opções no mercado que oferecem serviços diferenciados.

Por isso nosso próximo passo é te presentear com 10 dicas para encontrar a operadora de planos de saúde que mais se adéqua a sua realidade.

Em dúvida sobre qual tipo de convênio é o melhor para você?

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

10 Dicas para escolher o melhor plano dentre os melhores convênios médicos

1 Dica: O PLANO É PESQUISAR BASTANTE

Para você ter um tipo de plano de saúde, é necessário ter paciência e procurar pelo melhor orçamento.

Todavia, os orçamentos de convenio médica são todos iguais, se você colocar na internet. Em Tabelas de plano de saúde você vai encontrar diversas informações, mas o preço vai ser sempre o mesmo.

Entre em contato com o corretor de seguros e veja os pontos positivos e negativos de cada operadora, certamente esse contato direto trará mais clareza para sua escolha

2º Dica: COMPARE OS VALORES E COBERTURAS 

Em segundo lugar, compare os valores e cobertura. Esse é um ponto muito importante, porque as vezes existem coberturas que você não necessita, sendo assim, você também não precisa pagar por isso;

Decerto, excluir do seu plano as coberturas você precisa resultará em um plano mais barato e sob medida – cobrindo exatamente o que você precisa;

Coletivo por Adesão

Por exemplo: Planos empresariais, planos de pessoa física, Planos regionais ou Planos de saúde nacional, se você não precisa do plano nacional, use o regional que é mais barato.

Entretanto, é sempre bom analisar quais são essas coberturas para que você possa fazer a escolha correta, analise o preço da rede que necessita de acordo com aquilo que você consegue pagar, os melhores planos de saúde são aqueles que te atendem no que você precisa.

3 Dica: OPTE APENAS POR COBERTURAS NECESSÁRIAS 

Muitas vezes as pessoas colocam a opção de reembolso em seus convênios médicos, ao passo que esta opção faz com que seu convênio médico fique mais caro.

Às vezes o plano de saúde vem com a opção dental conjugado, mas isso também tem encarece o plano e você pode retirar o dental da sua apólice se quiser reduzir o custo.

4 Dica: ESCOLHA ACOMODAÇÃO 

Existem acomodações de quarto e enfermaria, muitas pessoas querem um plano privativo, porque ali ele ficará sozinho no quarto tendo mais privacidade.

Se você quer economizar um pouquinho mais, não tem problema, fique com o plano enfermaria, nesse plano você vai ter cobertura igual aos demais, porém, a única coisa é que você vai ter uma companhia com você;

A maioria das pessoas imagina que ao contratar o plano enfermaria ela terá muitas pessoas dividindo o quarto com ela, no entanto, não é isso que acontece. Normalmente o quarto é compartilhado com mais uma ou duas pessoas.

Além disso, é bom destacar que o atendimento é comum em todos os casos. como no plano plano privativo, você terá direito a enfermeiras que vão te atender no quarto bem como o direito à internações, você também poderá receber visitas nos horários previstos pelo estabelecimento. Em suma, você tem acesso a tudo, porém a um custo menor.

5 Dica: SE POSSÍVEL, PREFIRA OS PLANOS COLETIVOS

Se você possui CNPJ opte em fazer o seu plano pelo CNPJ, sai muito mais barato, você pode economizar até 30% do valor que você pagaria no plano individual, é muita vantagem!

 Portanto, fique atento e economize fazendo plano coletivo com CNPJ.

+ Se você é empresário, gestor ou líder, leia nossos artigos de Dicas de Saúde para o Ambiente Corporativo

6 DICA: ANALISE A REDE CREDENCIADA 

Quando a preocupação com uma rede credenciada ampla e com vários hospitais é exagerada, é provável que os interessados acabem não adquirindo nenhum plano porque o plano ficou muito caro.

Dessa maneira, sugerimos que se você exclua alguns hospitais. De repente, se você conseguir associar alguns hospitais somente de rede referenciada mas não com tanto renome você vai economizar muito mais.

É melhor tirar alguns hospitais do que ficar sem cobertura nenhuma; escolha uma rede credenciada menor mas fique com o seu plano de saúde.

+ Conheça os Melhores Hospitais credenciados nos melhores planos de São Paulo 

E também não deixe de avaliar os prazos de carências porque com o plano de saúde você vai ter saúde, e com saúde você vai ter negócio, e com o negócio você vai ter uma vida saudável.

 + Saúde Brasil: informações sobre o que você tem  direito nos primeiro 30 dias de aquisição do plano de saúde

Vamos ajudar você a escolher a Melhor Operadora de Saúde

conheça as melhores operadoras para sua saúde e para o seu bolso

7 DICA: COMPARE PLANOS COPARTICIPATIVOS E SEM COPARTICIPAÇÃO

 Você deve avaliar se compensa ou não, tem muita gente que fala… “Eu nem uso muito o plano de saúde”, então se você acha que não usa muito o plano saúde, faça um plano com coparticipação.

É possível que ele venha a ser bem mais barato, com até em 20% de desconto e você vai ter o mesmo plano com as mesmas coberturas, porém, com preço menor. 

Mas qual é a diferença de ser Co participativo? 

Com o Co participativo você vai participar na hora do pagamento para o credenciado, referenciado quando o plano for pagar a consulta você ajuda nessa comparticipação no pagamento, só que você vai entrar com uma parcela muito pequena.

Os planos costumam cobrar em consultas de R$8 a R$12 reais, dependendo da especialidade.

Além disso, vários procedimentos como por exemplo a internação, se paga uma vez só de R$100 (cem) reais, às vezes R$300 (trezentos) reais, isso também depende do plano que você escolher, mas o plano vai ficar mais barato e você só ira pagar a mais quando utilizar.

+ Conheça a diferença de cada um dos planosplano odontológico, planos individuais, plano coletivo por adesão e plano de saúde empresarial.

8 DICA: DEFINA A ÁREA DE ABRANGÊNCIA 

Preste bastante atenção na área de abrangência do seu convênio médico. Por exemplo: você usa municipalmente seu plano? Usa com abrangência estadual ou nacional?

Ao analisar essas partes do que será usado, você faz parte do grupo que vai poder obter um plano mais barato. Se você não precisa viajar, ou se você não tem o costume de viajar, faça um plano regional, ele é muito mais barato comparando a um plano nacional.

 + Operadoras de Saúde

Entretanto, este é uma caso que precisa de analise individual, as vezes você viaja muito e esse é um dos motivos pelo qual está contratando a cobertura de um convênio médico, ainda assim pense bem e veja se é possível optar por um plano regional, afim de economizar seu dinheiro.

Após essa avaliação, contrate sua operadora de planos de saúde e seguro saúde sempre de olho na rede de atendimento e sobre os planos que estão oferecendo.

9 DICA: PARTICIPE DOS PROGRAMAS DE PREVENÇÃO

Pessoal, muitas operadoras fornecem um programa de prevenção de doenças; quando você faz um plano de saúde, muitas pessoas pensam de maneira equivocada que o convênio médico servirá apenas para o momento e quando em que eles forem acometidos de alguma doença.

Porém, a ideia do plano de saúde também é a prevenção antes da doença vir.

Então como eu faço essa prevenção?

Primeiro: frequentando consultas e médicos antes para detectar alguma anormalidade que tenha no seu corpo;

Por outro lado as operadoras hoje fornecem métodos de prevenção pra salvar sua saúde, então você pode se informar na sua operadora para saber quais são as atividades de prevenção de doenças que você pode participar.

10 DICA: APROVEITE TODOS OS BENEFÍCIOS EXTRAS

Se você tem um plano de saúde, deve saber que a maioria das operadoras de plano de saúde têm um benefício que você usa para desconto em remédios, há farmácias que chegam a oferecer descontos de até 30% e 40% em seu remédio.

Em suma, é muito importante você saber, que além de ter um plano de saúde para a prevenção e cuidado da sua saúde, você também tem acesso a remédios muito mais baratos.

Veja se o convênio que está pretendendo contratar conta com este benefício.

Ao aderirem ao plano e anterior ao momento da assinatura do contrato leve em consideração todos os benefícios, bem como o que é desnecessário, veja também o tempo de carência. Para obter ajuda preencha nosso formulário.

Prazo de atendimento em convênios médicos privados

Este artigo vai tratar sobre os prazos dos convênios médicos particulares, porém, para entender alguns pontos, vamos falar antes sobre a saúde pública.

O Brasil, diferentemente de alguns países como os Estados Unidos, oferece à população um Sistema Único de Saúde.

Entretanto, mesmo aparentando gratuidade, este serviço de plano coletivo é fruto de muitos impostos.

Infelizmente, mesmo com um orçamento bilionário, na casa dos R$130 bi, a prestação de serviço de saúde pública individual e familiar está aquém do esperado.

As notícias sobre falta de medicamentos, enormes filas de esperas em redes credenciadas e postos de saúde são constante no jornais.

 + Conheça os Melhores Hospitais credenciados nos melhores planos de São Paulo 

Além disso há outro fator tão desesperador quanto estes – O tempo de espera para exames e retorno médico.

A fila de espera para exames simples pode ultrapassar três meses, chegando até um ano de aguardo.

Infelizmente, o avanço de doenças pré existentes não vai parar para aguardar o SUS.

 + Leia o artigo do Endocrinologista e Nutrólogo Dr. Daniel Santiago para entender quais são os exames primordiais para o homem e para a mulher

 

 

Em dúvida sobre qual tipo de convênio é o melhor para você?

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

 

E sobre o Convênio Médico Privado…

Em contrapartida a saúde privada no Brasil tem muito a comemorar.

Nos últimos dez anos, a aquisição de planos de saúde (desde de plano odontológico e planos individuais até plano coletivo por adesão e plano de saúde empresarial) vem crescendo.

Em Dez/2008 o número de beneficiários era de 41.468.019 e pulou para 47.377.920. 

Esse aumento de pessoas procurando cada vez mais por um plano de saúde se deve:

  • Às facilidades disponibilizadas pelo convênios médicos
  • A carência de um bom acompanhamento médico no Sistema Único de Saúde.

Saúde envolve urgência.

Exatamente isso, saúde envolve urgência.

Por isso trouxemos neste artigo alguns pontos importantes sobre prazos, em destaque no portal da ANS ( Agência Nacional de Saúde).

O primeiro ponto é que existe um tempo de carência, após esse período o beneficiário terá direito conforme segmentação do plano (se odontológico ou médico-hospitalar; se ambulatorial ou hospitalar com ou sem obstetrícia; se referência).

E este atendimento deverá ocorrer dentro dos prazos de carências estipulados.

+ Leia também: 10 dicas para escolher o melhor convênio médico

Serviços X Prazo de carências (em dias úteis)

  • Consulta básica – pediatria, clínica médica, cirurgia geral, ginecologia e obstetrícia – 07 (sete dias)
  • Demais especialidades – 14 (catorze dias)
  • Consulta com fonoaudiólogo – 10 (dez dias)
  • Sessão com nutricionista – 10 (dez dias)
  • Agendamento com psicólogo – 10 (dez dias)
  • Sessão com terapeuta ocupacional – 10 (dez dias)
  • Procedimentos com fisioterapeuta – 10 (dez dias)
  • Consulta e procedimentos realizados em consultório/ clínica com cirurgião-dentista – 07 (sete dias)
  • Serviços de diagnóstico por laboratório de análises clínicas em regime ambulatorial – 03 (três dias)
  • Demais serviços de diagnóstico e terapia em regime ambulatorial – 10 (dez dias)
  • Procedimentos de alta complexidade (PAC) – 21 (vinte e um dias)
  • Atendimento em regimento hospital-dia – 10 (dez dias)
  • tendimento em regime de internação eletiva – 21 (vinte e um dias)
  • Urgência e emergência – Imediato
  • Consulta de retorno – A critério do profissional responsável pelo atendimento.

 

Vamos ajudar você a escolher o Melhor Convênio Médico.

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

 

Como ser atendido dentro do prazo?

Para ser atendido dentro dos prazos você deverá ter cumprido os períodos de carência previstos em seu contrato.

Sabemos também que em alguns casos extremos, os prazos podem ser desrespeitados. Entretanto ainda no site da ANS você encontra o que fazer para ter esse direito respeitado.

Após entrar em contato com médicos e estabelecimentos de saúde credenciados e não conseguir marcar o procedimento dentro do prazo máximo previsto em lei.

Você deverá entrar em contato com operadora do seu plano de saúde para obter uma alternativa para o atendimento solicitado.

Você deverá solicitar o número de protocolo deste contato feito com a operadora como comprovante da solicitação e guardar a data deste contato.

Se a operadora do plano de saúde não garantir o atendimento no prazo estabelecido. Você deverá fazer a denúncia à ANS por meio de um dos nossos canais de relacionamento.

É importante ter em mãos o número e a data do protocolo do contato com a operadora.

Ter essas informações de maneira clara será o diferencial para o melhor aproveitamento de seu convênio médico.

Se você ainda não tem um convênio médico. Entre em contato conosco e descubra as facilidades de se ter acesso aos melhores convênios médicos.

Hospital São Camilo – Saúde de Qualidade

“Prestar assistência à saúde a quantos demandarem os seus serviços, sem distinção de qualquer natureza no que se refere a nacionalidade, raça, credo político e religioso”.

Essa é a finalidade descrita logo no primeiro parágrafo do Estatuto da Sociedade Beneficente São Camilo.

Atualmente a Rede de Hospital conta com três unidades, mais de 760 leitos e sobretudo uma equipe profissional de cerca de 5 mil colaboradores e um montante de aproximadamente 5.200 médicos cadastrados.

Em dúvida sobre qual tipo de convênio é o melhor para você?

conheça a melhor opção para sua saúde e para o seu bolso

 

História – Hospital São Camilo

Inicialmente inaugurado em 1935 como a Policlínica São Camilo, localizado na avenida Pompéia e posteriormente, no dia 23 de janeiro de 1960, Hospital dos camilianos no Brasil.

Embora tenha ocorrido uma mudança em sua nomenclatura, ou seja, a policlínica deu lugar ao primeiro hospital, por outro lado, este permaneceu alicerçado em princípios de ordem religiosa camiliana.

Por conseguinte, o hospital do Ministério da Aeronáutica de 1956 e inaugurado oficialmente em 3 de março de 1979, é  conhecido hoje como o Hospital São Camilo Santana.

hospital são camilo-unidades

Finalmente, a terceira unidade incorporada à Rede, o Hospital São Camilo Ipiranga, foi inaugurada como Hospital Leão XIII em janeiro de 1948 pelo então Círculo Social do Ipiranga.

No dia 19 de fevereiro de 2000, os religiosos camilianos assumiram o Círculo Social do Ipiranga e, consequentemente, também o hospital, que passou a ser gerido por eles.

+Conheça todos os tipos de Convênios Médicos:  plano odontológico, planos individuais, plano coletivo por adesão e plano de saúde empresarial

A excelência do Hospital São Camilo

Decerto, a excelência do Hospital São Camilo é atestada pelos certificados de Acreditação Internacional, entretanto o que confirma sua excelência é sobretudo seu atendimento humanizado.

Posto que seu atendimento inclui o acompanhamento e a orientação aos pacientes e acompanhantes desde a chegada até a alta.

Além disso, o Hospital conta na lista de hospitais do melhor convênio médico no Brasil e melhor convênio médico em SP.

Similarmente, o Centro Cirúrgico da unidade Pompeia está preparado e equipado para procedimentos de alta complexidade, incluindo:

  • Cirurgia bariátrica,
  • Cirurgia ortopédica,
  • Cirurgia oncológica,
  • Cirurgia cardíaca,

Não obstante realiza, também, procedimentos minimamente invasivos e exames de alta precisão, como videolaparoscopia, neuro navegação e demais técnicas videoassistidas.

A Unidade conta também com Serviço de Radiologia Intervencionista, dessa forma, são realizados procedimentos diagnósticos e terapêuticos, com alta precisão.

O Centro Médico oferece consultas agendadas, bem como acompanhamento em diversas especialidades clínicas e cirúrgicas, para adultos e crianças, incluindo acompanhamento pré e pós-operatório.

A unidade Pompeia abriga, ainda, um completo Centro de Diagnóstico, de Oncologia, e Hemodinâmica, por isso é referência da Rede para a realização de Transplantes de Medula Óssea.

No Centro de Oncologia, se utiliza a Linha de Cuidado do Paciente Oncológico, com equipe multiprofissional especializada, de maneira que, é também referência da Rede para a realização de Transplante de Medula Óssea.

O Hospital São Camilo ao longo de seus mais de 50 anos, manteve-se atualizado com o que há de melhor em atendimento médico, como também em prevenção e cuidados hospitalares.

Por certo que somou a seu portfólio várias especialidades, as quais é possível ter acesso de maneira particular ou através de planos de saúde nacionais, entre eles destacamos o Bradesco Planos de Saúde.

Há ainda o acesso, esse bem menor, através do SUS. Veja mais informações no portal ANS ( Agência Nacional de Saúde).

Especialidades Hospital São Camilo

Banco de Sangue

O Banco de Sangue, importante tanto quanto as demais especialidades, dispõe de uma equipe especializada e moderna estrutura tecnológica para oferecer soluções integrais de hemoterapia.

O serviço de doação de sangue realiza coleta de sangue e de hemocomponentes,  por meio de um sistema de equipamentos e software que automatiza todo o processo, o que garante a segurança, desde a coleta das amostras.

O banco de sangue fornece suporte essencial para a equipe de Transplante de Medula Óssea nas etapas de coleta, congelamento e infusão das células da medula óssea (terapia celular).

 + Leia o artigo do Endocrinologista e Nutrólogo Dr. Daniel Santiago para entender quais são os exames primordiais para o homem e para a mulher

Centro de Transplante de Medula Óssea

Centro de Transplante de Medula Óssea, da Unidade Pompeia, que ora realizou o primeiro transplante de medula óssea em 1998, conta com 20 leitos, todos reversíveis para leitos de UTI.

As acomodações têm infraestrutura especial, com sistema de filtragem de ar e pressão positiva, com o intuito de criar um ambiente protetor contra infecções.

Os pacientes pediátricos contam com estrutura especial de apoio e tratamento, que inclui a UTI Pediátrica e profissionais especializados em Oncopediatria.

+ Leia também: 10 dicas para escolher o melhor convênio médico

Neurologia

Sobretudo, com uma equipe de especialistas que abriga as diferentes sub-especialidades, o Serviço de Neurologia da Rede está preparado para o atendimento de todas as patologias

relacionadas ao Sistema Nervoso Central.

Semelhantemente, o acolhimento ao paciente, a humanização do atendimento, a disponibilidade de recursos tecnológicos de ponta e a realização do trabalho com base em protocolos médicos que certamente compõem sua sólida estrutura.

Urologia

A área de urologia presta atendimento para pacientes com patologias das vias urinárias masculina e feminina e do sistema genital e reprodutor masculino.

Igualmente, cuida de homens e mulheres de todas as faixas etárias, desde o período pré-natal até a terceira idade.

Cardiologia

Por fim, o hospital está estruturado para receber casos cardiológicos de todos os níveis de complexidade. O atendimento cardiológico é feito por equipes especializadas em:

  • Cardiologia Clínica,
  • Cirurgia Cardíaca,
  • Hemodinâmica Intervencionista,
  • Eletrofisiologia,
  • Ecocardiografia,
  • Cardiologia Pediátrica.
  •  

De fato, os atendimentos cardiológicos mais frequentes são de alta complexidade, principalmente de pacientes com:

  • Insuficiência coronariana aguda,
  • Insuficiência cardíaca avançada,
  • Arritmias,
  • Doenças inflamatórias do miocárdio e pericárdio,
  • Hipertensão grave,
  • tromboembolismo pulmonar,
  • Dissecção aneurismas, bem como aorta torácica,
  • Doenças das valvas cardíacas,
  • Cardiopatias congênitas,
  • Tumores cardíacos.
  •  

+ Se você é empresário, gestor ou líder, leia nossos artigos de Dicas de Saúde para o Ambiente Corporativo

Outras especialidades

Além das especialidades citadas acima, você pode contar com atendimento especializado e humanizado e tecnologia de ponta nas áreas de:

  • Gastroenterologia,
  • Pediatria,
  • Oftalmologia,
  • Ginecologia,
  • Cirurgias,
  • Ortopedia,
  • Cirurgia plástica e etc;

Como ter acesso ao Hospital?

Sob o mesmo ponto de vista utilizado anteriormente, uma boa opção para se ter acesso ao serviço de saúde de qualidade que o Hospital São Camilo oferece é com a aquisição de um plano de saúde para pessoa física, entretanto há também a opção de um plano de saúde para empresa.

Em conclusão, para saber mais sobre esse tipo de serviço, você pode realizar uma simulação em nosso site ou entrar em contato diretamente conosco.

FONTE: Site Hospital São Camilo

Cuidando da saúde de seus colaboradores

O quadro da saúde dos brasileiros é algo realmente alarmante, segundo dados do IBGE 10% dos brasileiros têm pelo menos uma doença crônica, como diabetes ou hipertensão, somente 37% da população consome a quantidade necessária de frutas e hortaliças, enquanto 37, 2% consome carne gordurosa e 24% consome álcool ao menos uma vez por semana, há ainda 23,4% que tomam refrigerante frequentemente, 21% que come doces e 15% que fuma cigarro também com regularidade.

O Brasil tem 21% de hipertensos, 18% de pessoas com problema na coluna e 12% com colesterol alto. Esses resultados demonstram que 1 em cada 10 brasileiros têm uma doença crônica. E para completar esse quadro, no conjunto de hábitos do brasileiro não consta uma alimentação saudável e muito menos a prática de atividades físicas.

Sabemos que a maioria destas pessoas estão ocupando algum cargo em uma loja, escritório, ou galpão de fábrica, e sabemos também que com estes números em algum momento ou outro os empregadores podem sofrer com a ausência de colaboradores que precisam muitas vezes se cuidar as pressas e tardiamente.

O fato é que nosso corpo é uma máquina maravilhosa e precisa de cuidados preventivos. E pensando nessa realidade separei 3 dicas de como o empresário ou o Gerente do Departamento de Recursos Humanos podem promover bem estar e saúde entre seus colaboradores e ajudarem a mudar essa triste realidade de maneira proativa.

4 Dicas para cuidar da sua saúde de seus colaboradores

 

 

São dicas muito simples que estão ao alcance de todos e trarão um empilhamento de bons resultados como: melhora no relacionamento da equipe, consciência e redefinição da imagem corporativa, conhecimento sobre práticas de saúde e assim por diante, então sem mais vamos as dicas:

Dica 1 – KIT de Higiene

Distribua em áreas estratégicas um pequeno kit de higiene, como sabonete e álcool em gel, incentive seus funcionários a usá-los de maneira frequente, deixe cartazes próximos aos kits explicando a importância do seu uso para se evitar contágio de vírus e doenças.

Dica 2 – Promova Corridas

Que tal usar a competição em favor da saúde de seus colaboradores? Você pode promover pequenas corridas em parques uma vez por mês, a competição pode ser por departamento ou individual e o prêmio, se viável, pode ser uma folga no mês.

Dica 3 – Promova cafés saudáveis

Além de confraternizar, em cafés saudáveis é possível  iniciar um processo de reeducação alimentar com seus colaboradores, a maior parte dos brasileiros não conhece os benefícios de certos ingredientes e alimentos, podendo este ser  um bom momento para gerar esse tipo de conhecimento, distribua entre os participantes uma lista de opções saudáveis no início do mês para eles escolherem o que trarão e promova o café nos próximos 15 dias.

Dica 4 – Promova Conhecimento

Em sua comunicação interna envie dicas de saúde ao menos semanal, como costumamos acreditar, o conhecimento muda vidas, ainda mais no que diz respeito à saúde.

Fique a vontade para compartilhar as dicas de saúde que estão em nosso blog e redes sociais. Essa é a nossa missão, promover saúde através de conhecimento e planos de saúde de qualidade.

P.S: Você pode pensar que essas dicas são uma perda de tempo, agora pense quanto tempo e dinheiro vão pelo ralo quando o empregador perde seus colaboradores para uma doença?

Você sabe o que é Gastrite?

Você sabe sabe o que é gastrite

O que é Gastrite?
Gastrite é a inflamação, infecção ou erosão do revestimento do estômago. Ela pode durar por pouco tempo, na chamada gastrite aguda, ou pode durar meses e até mesmo anos (gastrite crônica).

Causas
A causa mais provável da gastrite é a fraqueza da barreira mucosa que protege a parede estomacal, permitindo que os sucos digestivos produzidos pelo estômago causem danos ao tecido que reveste o órgão.

Essa fraqueza pode ser causada pela bactéria Helicobacter pylori, que vive justamente no revestimento do estômago e que, se não for tratada, pode levar ao surgimento de úlceras e até mesmo ao câncer de estômago. Outras bactérias e vírus também podem causar infecções que levam à gastrite. Especialistas apontam também o refluxo da bile para dentro do estômago como uma causa para a gastrite.

Sintomas de Gastrite
Gastrite às vezes pode passar despercebida, mas também pode manifestar alguns sinais.

 Conheça os principais sintomas da gastrite:

Indigestão
Queimação e azia
Náuseas
Vômitos
Perda de apetite
Dores abdominais.

Em caso de sangramento da parede do estômago:

Fezes escuras
Vômito de sangue ou material semelhante à borra do café.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica
Procure um especialista se sentir dores na região da barriga e do abdômen e se apresentar fezes escuras ou sangue no vômito.

Tratamento de Gastrite
O tratamento depende muito da causa específica.

Você pode precisar parar de tomar certos medicamentos que possam causar gastrite, mas primeiro converse com seu médico.

Você pode usar outro medicamento de venda livre ou controlada que diminua a quantidade de ácido no estômago, como:

Antiácidos
Antagonistas H2
Inibidores da bomba de prótons (IBP), como omeprazol, esomeprazol, lansoprazol, rabeprazol e pantoprazol
Antibióticos.
Os antiácidos também podem ser usados para tratar a gastrite crônica causada pela infecção pela bactéria Helicobacter pylori.

Quanto à gastrite por H. Pylori, não está claro ainda o que pode levar a uma pessoa contrair a bactéria, mas estudos apontam que ela possa ser transmitida de pessoa para pessoa e por meio do consumo de água e comida contaminados. Dessa forma, para evitar infecções, mantenha sempre sua higiene pessoal em dia. Lave as mãos frequentemente e não leve as mãos à boca quando estiver na rua. Realize checkups regularmente. Cuide-se!

Conheça os melhores planos de saúde do mercado com preços acessíveis.

Fonte: App. Doenças Dicionário

Como criar um ambiente ganha-ganha com a sua equipe

O  ambiente corporativo sofreu várias mudanças nas últimas duas décadas, antes se tinha um padrão de liderança e a convicção de que os liderados precisavam somente estar atentos a ordem do seu gestor para colocá-la em prática em tempo hábil, hoje o quadro é bem diferente, as empresas fomentam cada vez mais a participação e cooperação da equipe na aquisição de um plano estratégico para o negócio.

Mesmo sendo esse ambiente colaborativo uma realidade que veio para ficar, há ainda empresas que não conseguiram se adaptar a esse quadro e continuam fornecendo a seus colaboradores um ambiente pouco atrativo, desafiador, colaborativo e pouco dinâmico, o que resulta em alta volatilidade, o departamento de Recursos Humanos quase sempre está buscando novos colaboradores que em menos de 6 meses vão abandonar o negócio pelos mesmos motivos de sempre; a ausência desse dinamismo proposto pela nova realidade.

A verdade é que a relação empregado-empresa não é mais a mesma que há 20 anos,  e as empresas que não enxergarem isso continuarão perdendo a oportunidade de construir uma equipe de alta performance como seu ativo mais precioso.

A  ação imediata então para parar esse ciclo de perda é olhar para dentro do ambiente corporativo e realizar uma análise crítica do que pode ser melhorado, do que deve ser excluído e do que deve ser acrescentado na rotina da empresa a fim de se gerar um ambiente ganha-ganha.

Criando um ambiente Ganha-Ganha com a sua Equipe

Para  ajudá-los nesse processo separamos alguns valores que as grandes corporações adotam na relação empregado-empresa, fomentando  assim o ganha-ganha entre ambos.

Abandone  os velhos mitos

Um dos grande mitos que manteve-se firme durante muitos anos no mundo corporativo foi a rigidez de horário, acreditava-se de maneira até inconsciente que a produtividade estava ligada ao cumprimento rigoroso de um horário fixo.

Não estamos sugerindo que você deixe totalmente aberto o horário de permanência no ambiente de trabalho, mas procure flexibilizar, abrir um janela de entrada por exemplo seria uma boa opção. (possibilidade de chegada das 8h às 10h com permanência de 9h dentro da empresa.)

Fomente o conhecimento

Ofereça a seus colaboradores a possibilidade de aprender mais dentro da empresa. Muitas empresas americanas disponibilizam os primeiros 30 minutos do dia para seus funcionários lerem um livro que poderá ser discutido em grupo em uma reunião semanal, outra boa ideia é disponibilizar um espaço para que seus funcionários façam um curso de idiomas dentro da empresa.

Crie um ambiente colaborativo com estímulo a criatividade

No Brasil essa ideia tem avançado cada vez mais, recentemente a Unilever mudou seu escritório para o edifício WTorre, no Morumbi (SP). Em entrevista à Revista  Exame, Luciana Paganato, vice-presidente de Recursos Humanos da companhia afirmou: “O ambiente antigo não atendia mais às nossas necessidades em termos de flexibilidade e estímulo à criatividade.” Nesse sentido a Philips também está apostando no conceito  WPI Workplace Innovation  que tem como base três pilares: pessoas, ambiente e tecnologia de ponta, ingredientes para uma receita de produtividade.

Claro que isso envolve bastante investimento, e muitas empresas não dispõem de um grande montante para tal mudança, mas pequenas mudanças já podem gerar  esse sentimento de novidade para seus colaboradores; pinte algumas paredes e se possível for, tire outras do caminho, abra o espaço e aposte em móveis versáteis.

Ajude seus colaboradores a cuidarem da saúde

 Outro ponto tão importante como os demais é, ajude seus colaboradores a cuidarem de si, o dinamismo do mundo atual trouxe muitos benefícios para o ser humano, mas todo bônus traz consigo seu ônus, as pessoas estão cada vez mais sedentárias  e comendo cada vez pior.

Em dez anos a Obesidade cresceu 60% no Brasil, saindo de 11,8% em 2006 para 18,9% em 2016. Esse é um dado alarmante, visto que a obesidade desencadeia vários problemas de saúde, mas sua empresa pode ajudar a equipe com várias ações simples, por exemplo: prepare informativos com dicas de saúde e compartilhe semanalmente, lance desafios saudáveis, ofereça palestras com profissionais da área da saúde, como nutricionistas e preparadores físicos.

Além disso, busque oferecer um convênio médico a sua equipe ou ofereça o contato de um bom corretor  que poderá auxiliá-los na aquisição do melhor plano.

PS.: Em nossas Redes sociais você tem acesso a cards de dicas de saúde, sinta-se livre para baixa-los e compartilhá-los com a sua equipe.

PS.:  Para saber mais sobre convênios médicos clique aqui